Seja Bem vindo ao site da Vero RH
São Paulo - SP Olimpia - SP Campinas - SP Mogi das Cruzes - SP Porto Alegre - RS

O que é remuneração variável e como calcular?

O que é remuneração variável e como calcular?

Por: Vero - 02 de Julho de 2024

A remuneração variável é uma estratégia amplamente utilizada para atrair e reter os melhores talentos, tornando-se ainda mais crucial em um mercado cada dia mais competitivo.

Afinal, remuneração variável e bonificação podem ser fatores importantes na decisão de uma pessoa aceitar uma vaga e permanecer na empresa. Além disso, a remuneração variável serve como um incentivo poderoso para aumentar a produtividade e a performance do time.

Se você deseja usufruir de todos os benefícios que a remuneração variável pode oferecer, continue lendo para entender tudo sobre o que é e como implementá-la com sucesso na sua empresa.

Compreendendo a remuneração variável

A remuneração variável, também conhecida como remuneração flexível, é um programa de recompensa e bonificação que complementa o salário fixo. Este tipo de remuneração pode ser influenciado por diversos fatores, como o desempenho individual do colaborador ou os resultados alcançados pela empresa como um todo.

Deste modo, a recompensa financeira é diretamente proporcional aos resultados atingidos. Ou seja, a remuneração variável valoriza e reconhece os colaboradores, incentivando-os a atingir suas metas e alcançar alta performance.

Assim, a remuneração variável pode assumir várias formas, incluindo bônus, comissões, participação nos lucros e outros incentivos financeiros. Por isso, ela complementa a remuneração fixa, mas nunca a substitui.

Portanto, os valores e os períodos de pagamento da remuneração variável variam conforme as condições estabelecidas para cada pagamento, podendo ser feitos em curto, médio ou longo prazo.

Benefícios da remuneração variável

A remuneração variável é uma prática adotada por organizações que acreditam no compartilhamento do sucesso entre a empresa e seus colaboradores, impulsionando o crescimento do negócio de forma significativa.

Sem dúvida, essa estratégia é uma ferramenta valiosa para reconhecer e valorizar os esforços dos colaboradores, fazendo com que se sintam parte fundamental nos resultados da empresa.

Ou seja, este tipo de remuneração estimula a motivação, incentivando as pessoas a serem cada vez mais produtivas e comprometidas com a superação de suas metas, o que melhora o desempenho geral da organização.

Atualmente, colaboradores engajados tendem a permanecer na empresa e a promover uma imagem positiva da marca empregadora, resultando em menor rotatividade e absenteísmo. Isso, por sua vez, aumenta a atração e retenção de talentos e fortalece o employer branding.

Assim, os principais benefícios da remuneração variável incluem:

  • Mais qualidade nas entregas
  • Alta performance
  • Menor turnover
  • Fortalecimento das marca empregadora
  • Crescimento do negócio

Além disso, alguns tipos de remuneração variável são isentos de impostos tanto para a empresa quanto para o colaborador, permitindo que o valor seja recebido integralmente, sem descontos.

Categorias de remuneração variável

Existem diversos tipos de remuneração variável que as empresas podem oferecer. Os principais são:

Bônus

O bônus é uma quantia adicional fornecida ao colaborador como um incentivo por ter atingido metas, sejam elas individuais ou de equipe. Essa bonificação pode ser representada em múltiplos de salários e é calculada conforme a meta alcançada.

Comissão

A comissão é um tipo de remuneração variável muito comum em setores de vendas de produtos ou serviços. Os colaboradores recebem uma porcentagem sobre as vendas realizadas, o que significa que quanto mais vendem, maior é sua remuneração.

Participação nos Lucros (PLR)

A PLR, ou Participação nos Lucros e Resultados, é um programa que divide os resultados obtidos pela empresa com os colaboradores. Ou seja, uma parte do lucro da organização é distribuída entre os funcionários. A PLR deve ser elegível para todos os membros da empresa e é válida de acordo com as condições estabelecidas pelo acordo coletivo.

Remuneração por Desempenho

A remuneração por desempenho recompensa os colaboradores pelo esforço e produtividade quando têm um bom desempenho. Os critérios variam de acordo com cada empresa, mas normalmente ela é baseada no alcance das metas em um determinado período.

Regulamentação da remuneração variável: como funciona?

A remuneração variável está prevista no inciso XI do art. 7 da Constituição Federal Brasileira e exige apenas a declaração dos valores na folha de pagamento. No entanto, a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) possui regulamentação específica pela Lei nº 10.101/2000, que estabelece diversos critérios para sua aplicação.

  • 1. Proporcionalidade dos pagamentos

O pagamento da PLR deve ser feito de forma proporcional aos resultados alcançados pelos colaboradores e pela empresa.

  • 2. PLR não integra o salário

A PLR não pode substituir ou integrar o salário base dos colaboradores.

  • 3. Negociação coletiva

A PLR deve ser negociada entre a empresa e os colaboradores, por meio de seus representantes legais, garantindo um acordo justo para ambas as partes.

  • 4. Programa anual de metas

Deve ser estabelecido um programa anual de metas e resultados, especificando os objetivos que precisam ser atingidos para que a PLR seja distribuída.

  • 5. Limite mínimo de pagamento

A remuneração variável não pode ser inferior a 5% do lucro líquido da empresa ou 5% do faturamento da área em que os colaboradores estão inseridos.

  • 6. Isenção de impostos e contribuições

Para que a PLR seja considerada isenta de impostos e contribuições, a empresa deve observar as regras estabelecidas pela Receita Federal. Entre elas, destaca-se a exigência de que o programa esteja previsto em convenção coletiva e que a distribuição seja proporcional ao salário do colaborador.

É fundamental que a sua empresa esteja em conformidade com essas regras para evitar problemas trabalhistas e garantir um processo transparente e justo.

Métodos para calcular a remuneração variável

Calcular a remuneração variável pode variar de acordo com o tipo escolhido, mas alguns passos essenciais garantem que o processo seja justo e transparente para todos os envolvidos.

Após definir os critérios de avaliação, atribua pesos a cada um deles de forma coerente com sua importância para o negócio. Por exemplo, se a qualidade do atendimento ao cliente é crucial, atribua um peso maior a este critério.

Em seguida, determine a pontuação máxima possível para cada critério. Isso proporciona clareza sobre como cada aspecto será avaliado e quantos pontos podem ser atribuídos.

Logo após, avalie o desempenho de cada colaborador em relação a cada critério e multiplique pela sua respectiva ponderação. Em seguida, some todas as pontuações para obter a pontuação final de cada colaborador.

Por fim, determine o valor a ser pago por ponto da remuneração variável. Esse valor pode ser fixo ou variar de acordo com o desempenho geral da empresa. Por exemplo, em períodos de resultados financeiros positivos, pode-se considerar aumentar o valor pago por ponto.

Dicas para implementar a remuneração variável

Para implementar a remuneração variável de maneira eficiente e transparente, é essencial seguir um planejamento estruturado. Aqui estão os passos fundamentais:

  • 1. Escolha o tipo de remuneração variável

Antes de mais nada, determine qual tipo de remuneração variável será aplicado. Analise quais opções se alinham melhor aos objetivos da empresa e à sua cultura organizacional. A escolha correta é crucial para garantir que a remuneração variável realmente motive os colaboradores e promova alta performance.

  • 2. Defina metas e critérios de avaliação

Estabeleça metas claras que os colaboradores precisam atingir para receber a remuneração variável, juntamente com os critérios de avaliação. Essas metas podem ser quantitativas, como volume de vendas, ou qualitativas, como qualidade no atendimento ao cliente. As metas devem estar alinhadas com os objetivos organizacionais e ser realistas, alcançáveis e desafiadoras.

  • 3. Comunique a equipe

A implementação da remuneração variável deve ser comunicada de forma clara e transparente para toda a equipe. Explique detalhadamente como o sistema funcionará, quais são as metas e critérios de avaliação, e como serão feitos os cálculos e pagamentos. Essa comunicação é essencial para garantir que todos compreendam e se sintam motivados pelo programa.

  • 4. Gerencie a folha de pagamento corretamente

Gerenciar e calcular programas de remuneração variável pode ser complexo e demorado para o departamento de RH. Uma solução eficiente é terceirizar a gestão da folha de pagamento. Isso pode tornar o processo mais eficiente e reduzir erros, liberando tempo e recursos para outras atividades estratégicas.

  • 5. Acompanhe a estratégia

Acompanhe de perto o andamento da estratégia de remuneração variável. Garanta o funcionamento de todo o processo, observe os resultados e avalie se eles estão de acordo com o planejado pela organização. Fazer ajustes conforme necessário é vital para o sucesso contínuo do programa.

Conclusão

A implementação de um plano de remuneração variável pode ser um grande diferencial para a motivação e desempenho dos colaboradores, além de impulsionar o crescimento da empresa. No entanto, para garantir que esse plano seja implementado de forma correta e eficiente, contar com o apoio de uma empresa especializada em gestão de recursos humanos, gestão da folha de pagamento e compliance é fundamental.

Este é o caso da VeroRH, que oferece expertise e ferramentas avançadas para desenvolver e gerenciar todos os processos do departamento de recursos humanos, além de ter soluções avançadas para a terceirização de folha de pagamento, atendendo às necessidades específicas do seu negócio.

Além disso, nosso serviço de compliance assegura que todas as etapas sejam realizadas de maneira eficiente e conforme as regulamentações vigentes.

Conte com nossa parceira especializada, isso permite que você se concentre nas atividades estratégicas do seu negócio, enquanto assegura que a remuneração variável está sendo gerenciada de forma justa, transparente e eficaz, contribuindo para um ambiente de trabalho mais motivador e produtivo.

Quer saber mais sobre nossas soluções? Entre agora mesmo em contato com a gente!